5 coisas que você precisa fazer para declarar seu Imposto de Renda sem um contador

Você sabe como declarar IR corretamente? Atualmente, é possível declarar o Imposto de Renda sem a necessidade de um contador, e muitos brasileiros não sabem disso. Ou seja, é possível declarar o IR 2023 sozinho, basta saber como declarar IR corretamente. Confira o passo a passo abaixo.

publicidade
como declarar IR corretamente
Fonte: Reprodução/Freepik

Como declarar IR corretamente

A Declaração de Imposto de Renda 2023 (IR) é um processo importante para qualquer cidadão que queira cumprir com suas obrigações fiscais. No entanto, a declaração pode se transformar em uma etapa trabalhosa na vida dos contribuintes.

Por isso, a ajuda de um contador se faz essencial para garantir que a declaração seja apresentada corretamente e dentro do prazo estipulado pela Receita Federal para entrega das declarações.

Um contador é um profissional qualificado com conhecimento técnico e experiência para auxiliar os contribuintes no cumprimento de suas obrigações fiscais.

como declarar IR corretamente
Fonte: Reprodução/Freepik

Ele ajuda a identificar as deduções e isenções que você pode reivindicar e também fornece orientação sobre as regras e regulamentos que se aplicam à sua declaração de imposto de renda.

Além disso, os contadores podem ajudar a eliminar erros e omissões em suas declarações, ajudando você a evitar multas e problemas futuros com o fisco federal.

Portanto, com a ajuda do profissional, as declarações são sempre enviadas dentro do prazo legal. Assim, o profissional é o mais qualificado para promover uma declaração livre de erros e até mesmo o retorno de algumas despesas.

No entanto, o próprio contribuinte pode identificar créditos e deduções que aumentam sua restituição e ajudam a economizar dinheiro. Assim, caso o contribuinte domine os meios legais, é possível realizar a declaração sozinho.

como declarar IR corretamente
Fonte: Reprodução/Freepik.

Em resumo, a ajuda de um contador é essencial para garantir que sua declaração de imposto de renda seja entregue corretamente, mas o declarante que presta atenção na declaração, domina o sistema e faz sua própria declaração.

Assim, o contribuinte é o ente capaz de identificar erros e omissões, tirar o máximo proveito de suas declarações fiscais e aconselhar sobre as regras e normas que se aplicam às suas declarações.


Declaração sem erros é possível!

O Fisco Federal pode se tornar o melhor amigo do contribuinte. Não, você não leu errado! A Receita Federal e as respectivas declarações podem parecer um bicho de 7 cabeças, mas as declarações são simples quando se domina os detalhes.

Portanto, confira abaixo a lista das 5 coisas que você precisa fazer para declarar seu Imposto de Renda sem um contador. Assim, domine a técnica e nunca mais gaste com contador. Seja seu próprio contador.

Fonte: Reprodução/Freepik
  1. Domínio da Legislação: o primeiro passo é compreender o que a legislação brasileira tributária fala. Por isso, é importante saber em quais casos há isenção ou não do pagamento do imposto e, principalmente, identificar que os casos de isenção não são equivalentes aos casos de desobrigação da declaração.
  2. Modalidades de Isenção: as modalidades de isenção (hipóteses de não pagamento da legislação), relacionam-se a casos específicos em lei em que o contribuinte não é obrigado a pagar o imposto de renda. Assim, deverá declará-lo, mas sem o pagamento de impostos pelo lucro gerado, por exemplo. Para tal, analise as hipóteses de isenção. Por isso, acesse o link e fique por dentro da lista de isenção.
  3. Comprovantes de despesas: Todos os comprovantes de despesas de gastos com saúde, educação e etc devem ser guardados em local seguro durante todo o ano anterior à declaração.
  4. Preenchimento automático: Desde 2021, a Receita Federal disponibiliza o preenchimento automático ou pré-preenchimento, uma ferramenta que já contabiliza parte das informações dos contribuintes, considerando as declarações anteriores.
  5. Atenção durante o preenchimento: Na hora de realizar a declaração do Imposto de Renda, há formulários à preencher. Os formulários estão divididos de acordo com as rendas tributáveis, tributos exclusivos e rendas não tributáveis. Portanto, cuidado redobrado na hora de realizar a declaração.

Assim, a declaração do Imposto de Renda pode se tornar uma tarefa fácil para quem deseja cortar os gastos com contador. Portanto, atenção aos detalhes, guarde os documentos e fique por dentro da lei.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 2.5 / 5. Número de votos: 15

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

publicidade
Edu Fagundes
Edu Fagundes é formado em Ciências Contábeis e atua como produtor de conteúdo otimizado para web desde 2015. Sua missão é pesquisar, reunir e compartilhar informações atualizadas e confiáveis sobre o Imposto de Renda, para facilitar a vida dos nossos leitores.